O aeroporto Humberto Delgado, em Lisboa, deve chegar este ano ao recorde de 29 milhões de passageiros, informou esta sexta-feira o secretário de Estado das Infraestruturas.

Em 2017, o aeroporto Humberto Delgado tinha registado um aumento de 18,8%, na comparação homóloga, para um total de 26,7 milhões de passageiros.

Após a sua intervenção numa conferência sobre navegação aérea, em Lisboa, Guilherme W. d’Oliveira Martins avaliou a previsão de 29 milhões de passageiros como “bons números”, que “representam um grande esforço para a economia, com impacto para o turismo”.

“Mas há ainda muito trabalho a fazer”, indicou o secretário de Estado, notando o empenho do Governo para reforçar a capacidade aeroportuária da região de Lisboa e para que “os números melhorem”.

O reforço passa, lembrou d’Oliveira Martins, pela conversão da base militar do Montijo para a aviação civil e fazer investimentos no aeroporto Humberto Delgado.

Para concretizar o aumento será necessário finalizar o acordo com a gestora dos aeroportos, a empresa ANA, o que “está para muito em breve”, segundo o governante, sem concretizar datas.

Publicidade