A Apple está a trabalhar para a criação de um poderoso catálogo de filmes e séries próprios, que tem como objectivo competir diretamente com a Netflix e com a HBO. No entanto, para que o serviço esteja disponível para o maior número de pessoas possíveis, a empresa gerida por Tim Cook fez um pacto com a sua maior rival, a Samsung. Para que esta aliança seja bem sucedida, a empresa sul-coreana vai oferecer o iTunes e o novo sistema AirPlay 2 através das novas smart TVs, que deverão chegar ao mercado na primavera deste ano.

Assim, ao aliar-se a uma referência audiovisual, a Apple ganha ao dispor os seus conteúdos diretamente na televisão, deixando de existir a necessidade de possuir uma Apple TV. Os conteúdos estarão disponíveis através de uma aplicação própria para cinema e programas no iTunes.

Apesar desta união ser novidade, a plataforma que estes dois ‘gigantes’ tecnológicos pretendem criar não o é. A sua popularidade irá depender da quantidade e, acima de tudo, da qualidade de projetos que a plataforma online continua a lançar, uma vez que têm sido muito bem recebidos por quem a usa.

O facto de a Netflix se ter reinventado na Internet permitiu que fosse apresentado como um produto novo no mercado. A possibilidade de vários usuários puderem utilizar a mesma conta, ao ponto de dividirem custos entre eles, tornou-se uma mais valia para a marca californiana. A criação de conteúdos foi o que mais a diferenciou dos estúdios tradicionais, levando a que em 2013 tenham lançado House of Cards, a sua primeira série em streaming. Desde então, criou séries com grande exposição como Narcos e Stranger Things. O último filme lançado por esta plataforma foi Bird Box que conta com a participação de Sandra Bullock.

Publicidade