A Selecção sénior masculina de basquetebol realiza hoje, das 9h30 às 13h00, primeiro no ginásio do Centro de Reabilitação Física, no Estádio Nacional 11 de Novembro, e depois no Pavilhão Multiusos Arena do Kilamba, a última sessão de treino da semana, no quadro da preparação que efectua visando a disputa da 29ª edição do Campeonato Africano das Nações, Afrobasket, agendado para Setembro, num país ainda não divulgado oficialmente pela FIBA-África.

Com o grupo quase completo, falta apenas a integração de Sílvio Sousa, ausente por estar ao serviço da Selecção Sub-19, no Campeonato do Mundo que arranca amanhã no Egipto, e Bruno Fernando, afastado por compromissos académicos nos Estados Unidos, Pedro Santos, preparador físico da equipa, continua a incidir a preparaçãono potenciamento desta vertente do jogo.

“O Sílvio só se juntará a nós mais tarde, por ainda ter de ir para os Estados Unidos para realizar exames académicos. Ainda assim, deve dispor de um mês e meio para trabalhar com o restantes companheiros”, explicou o seleccionador nacional, Manuel Silva “Gi”, que é coadjuvado por Miguel Lutonda e Benjamin Ucuhamba “Avô”.
Em relação à capacidade física dos jogadores que integram a preparação,  o seleccionador nacional disse: “Fisicamente, a Selecção está a 50/60 por cento das capacidades de cada um. O trabalho de baixa intensidade feito antes foi benéfico, pois permitiu à equipa aumentar os índices”.

No aspecto táctico, o “cinco” nacional está a ensaiar com frequência os bloqueios defensivos directos, rotação defensiva e defesa homem-a-homem. Na técnica individual, “estamos a trabalhar  colectiva e individualmente, além de estarmos a privilegiar os lançamentos livres, de dois e três pontos, de modo a melhorarmos a nossa percentagem”, destacou o seleccionador.

Gi fez saber ainda que para o lugar do extremo-poste Valdir Manuel, 2,06 metros, lesionado no joelho direito, não vai ser convocado  outro jogador, pelo facto da lista de 22 atletas ter sido elaborada prevendo já este tipo de percalços.
De 29 de Julho a 5 de Agosto, Angola disputa, com as similares da Nova Zelândia, Lituânia e China,anfitriã, um torneio quadrangular. O embarque está previsto para o dia 26 de Julho.

Na próxima semana, no mesmo recinto, a equipa dá início às sessões de treino bidiárias. O aprimoramento dos aspectos tácticos vai  estar em evidência.

Foram convocados Armando Costa, Gerson Domingos, Milton Barros e Hermenegildo Santos (bases), Roberto Fortes, Pedro Bastos, Carlos Morais, Leandro Conceição, Gerson Gonçalves, Edson Ndoniema,  Olímpio Cipriano, Alexandre Jungo, Leonel Paulo e Valdir Manuel (extremos), Sílvio Sousa, Bruno Fernando e Reggie Moore (extremo-poste) e os postes Felizardo Ambrósio, Valdelício Joaquim, Yannick Moreira, Teotónio Dó e Eduardo Mingas.

Apesar da prova continental não apurar para competições de cariz mundial, o elenco federativo presidido por Hélder Cruz “Maneda” define a conquista do título  continental, por forma a retormar o domínio da modalidade interrompido há dois anos pela forte selecção da Nigéria.

Publicidade