Um ano depois de terem esgotado três datas em Portugal, os músicos recuperam o mesmo espetáculo em seis novos concertos em julho: No dia 01 no Coliseu do Porto, no dia 03 no Centro de Artes e Espetáculos da Figueira da Foz, no dia 05 no Coliseu de Lisboa e no dia 10 no Teatro das Figuras, em Faro.

Destaque ainda para dois concertos que farão, a 07 e 08 de julho, no Teatro Micaelense, em Ponta Delgada, Açores.

Editado já em álbum e DVD ao vivo, “Ofertório” é descrito como uma celebração de Caetano Veloso em família, na qual ele e os três filhos interpretam um repertório transversal a todos.

Num cenário minimalista, com os quatro músicos alinhados a interpretarem sobretudo em voz e violão – e com saídas ocasionais para a boca de palco para uns passos de dança -, são interpretadas canções como “Alegria, Alegria”, “Oração ao tempo” e “Força estranha”, mas também “Clarão”, de Tom Veloso, “Todo o homem”, de Zeca Veloso, ou “Um passo à frente”, de Moreno Veloso.

Publicidade