No relatório ‘Perspetivas Económicas para a África Subsaariana’, hoje divulgado em Nusa Dua, durante os Encontros Anuais do FMI e do Banco Mundial, na Indonésia, os analistas dizem que a média da dívida pública em 2018 deverá ficar em cerca de 48,5% do PIB”.

A situação, avisa do FMI, varia significativamente de país para país, com Cabo Verde a ser não só o país lusófono mais endividado, como o africano com a dívida maior, valendo 130% do PIB, seguido de Moçambique, com 112,9%, este ano.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here