A Academia de Cinema de Espanha revelou hoje os 16 filmes pré-selecionados para o Goya de melhor produção ibero-americana e, entre eles, está “Peregrinação”, obra de João Botelho inspirada no relato de viagens, homónimo, de Fernão Mendes Pinto.

Entre os pré-selecionados estão, por exemplo, “Benzinho”, de Gustavo Pizzi (Brasil), “Los perros”, de Marcela Said (Chile), e “Roma”, de Alfonso Cuarón (México).

O filme de João Botelho é ainda candidato a uma nomeação para o Goya de melhor filme estrangeiro – e a outra para os Óscares, na mesma categoria -, como foi proposto em setembro pela Academia Portuguesa de Cinema.

A longa-metragem transpõe para cinema episódios do livro “Peregrinação”, de Fernão Mendes Pinto, impresso pela primeira vez em 1614, que relata a presença dos portugueses no Oriente e se apresenta como uma crónica de viagens de duas décadas de vivência do autor.

O filme é protagonizado por Cláudio da Silva, à frente de um elenco que inclui ainda, entre outros, Catarina Wallenstein, Pedro Inês, Maya Booth, Cassiano Carneiro, Rui Morisson, Jani Zhao e Zia Soares.

Do filme faz também parte “Por este rio acima”, do músico Fausto Bordalo Dias, interpretado por um coro masculino.

A 33.ª cerimónia dos Goya decorrerá a 02 de fevereiro em Sevilha.

Publicidade