João Mário, que se tinha estreado a titular na jornada anterior, não só jogou os 90 minutos como esteve na origem dos dois primeiros, marcou o quarto, aos 90+1, e assistiu o holandês Radja Nainggollan para o quinto, aos 90+4.

Roberto Gagliardini, aos 14 e 49 minutos, e Matteo Politano, aos 16, apontaram os outros tentos do Inter, que segue no segundo lugar, em igualdade com o Nápoles (5-1 ao Empoli, na sexta-feira) e a seis pontos da heptacampeã em título Juventus.

A formação de Turim sentiu mais dificuldades perante o Cagliari do que o resultado indica, apesar de ter praticamente começado o jogo na frente do marcador, com o golo do argentino Paulo Dybala no primeiro minuto.

No entanto, o Cagliari teve uma forte reação, chegou ao empate com todo o mérito, aos 36 minutos, pelo médio brasileiro João Pedro, e só por manifesta infelicidade se viu de novo em desvantagem, na sequência de um autogolo de Filip Bradaric, que introduziu a bola na sua própria baliza, aos 38.

Na segunda parte, a Juventus teve muito mais posse de bola, mas o Cagliari ameaçou várias vezes o 2-2, ameaça só desfeita a três minutos do final, quando Cuadrado assinou o terceiro golo, numa jogada de contra-ataque, com Cristiano Ronaldo a fazer o último passe para o colombiano, melhor colocado, quando podia também ele ter finalizado o lance.

Na outra partida do dia, Fiorentina e AS Roma empataram em Florença a um golo, com a equipa da casa a abrir o marcador aos 33 minutos, pelo médio francês Jordan Veretout, e a formação romana a igualar a cinco minutos do final do tempo regulamentar, por Alessandro Florenzi.

Publicidade