“A editora acaba de ser selecionada para a edição 2018 da Feira do Livro de Frankfurt, Alemanha, entre os dias 10 a 14 de outubro, no âmbito programa de Editoras Convidadas”, informou a Rosa de Porcelana em nota à imprensa.

O programa Editoras Convidadas, financiado pelo Ministério dos Negócios Estrangeiros alemão, seleciona a cada edição 20 editoras privadas entre as concorrentes de vários países de África, América Latina, Caraíbas e Europa do Leste.

“Um dos objetivos é aproveitar o palco de Frankfurt como uma importante prateleira das obras editadas, bem como as de editoras pontualmente associadas, que serão expostas em ‘stand’ disponibilizado pela organização do certame”, lê-se na mesma nota.

Os editores Filinto Elísio e Márcia Sousa pretendem igualmente promover, durante a feira, um programa de leitura com a presença de autores cabo-verdianos.

Na ocasião, deverá ser lançada a edição alemã de “Silvenius – Antologia Poética”, do poeta e vencedor do Prémio Camões em 2009, Arménio Vieira, uma das obras mais recentes do catálogo da Rosa de Porcelana.

Criada em 2013, a editora tem apostado na internacionalização das suas edições, nomeadamente na Comunidade de Países de Língua Portuguesa (CPLP), tendo começado em 2016 “a fazer incursões para além do universo da língua portuguesa”.

A editora é responsável pela organização do Festival de Literatura-Mundo do Sal, que cumpre de 21 a 24 de julho a sua segunda edição, este ano com uma extensão a Lisboa em setembro.

“Sinos de Silêncio”, de Corsino Fortes; “Estrangeiras”, de José Luís Peixoto, e “Cartas de Amílcar Cabral a Maria Helena” são outras obras editadas pela Rosa de Porcelana.

A editora está a ultimar a edição do livro “Itinerários de Amílcar Cabral”, com lançamento previsto para 01 de julho, data do 48.º aniversário da audiência que o papa Paulo VI concedeu a Amílcar Cabral, António Agostinho Neto e Marcelino dos Santos, então dirigentes de movimentos independentistas de Cabo Verde, Guiné-Bissau, Angola e Moçambique.

A Feira do Livro de Frankfurt é um dos maiores eventos do mercado editorial e livreiro do mundo.

A edição de 2018 terá a Geórgia como país convidado, sendo esperados no certame mais de 7.100 expositores e 270 mil visitantes.

A literatura cabo-verdiana acaba de ser distinguida com o segundo Prémio Camões, o maior prémio literário de língua portuguesa, atribuído este ano ao escritor Germano Almeida.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here