Em conferência de imprensa em Lisboa, o presidente do banco, Nuno Amado, atribuiu o aumento dos lucros do BCP à “evolução favorável da atividade em Portugal”, considerando que o resultado da atividade internacional se manteve estável.

Em Portugal, o BCP conseguiu no ano passado lucros de 39 milhões de euros, com o banco a destacar a diminuição de provisões e imparidades.

Já a atividade internacional contribuiu para os lucros com 146,2 milhões de euros.

O BCP tem atividade em Portugal, Polónia, Angola e Moçambique.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here