“É uma oportunidade sublime para levantarmos a nossa voz sobre a questão da agua, que é uma preocupação mundial”, disse Evaristo Carvalho a jornalistas momentos antes de viajar.

O 8º Fórum Mundial da Água reunirá cerca de 30 mil governantes, especialistas e população de mais de 100 países.

O evento acontece a cada três anos, com o objetivo de aumentar a participação do tema água na agenda política dos governos, além de promover o aprofundamento das discussões, troca de experiências e formulação de propostas concretas para os desafios relacionados aos recursos hídricos.

“Vamos dizer que temos em curso programas para levar agua potável, sobretudo para as comunidades rurais, e aproveitar para solicitar a contribuição internacional para financiar e acelerar esses projetos”, explicou Evaristo Carvalho

O chefe de Estado são-tomense disse que vai aproveitar a sua estadia no Brasil e para ter encontros bilaterais com alguns homólogos para analisar a cooperação bilateral.

Publicidade