O fórum, que terá o seu foco em sectores como a agricultura, indústria, banca, seguros, turismo e infraestruturas, visa, por outro lado, fomentar parcerias entre empresas angolanas e italianas.

Um terceiro objetivo da agenda do encontro está relacionado com a diversificação da lista de produtos angolanos a exportar para a Itália, entre eles o café e frutas tropicais.

O encontro empresarial é uma organização conjunta da Câmara de Comércio e Indústria Angola-Itália e a Agência de Investimento Privado e Promoção das Exportações de Angola (AIPEX).

O fórum empresarial será aberto pelo secretário de Estado da cooperação internacional e comunidades angolanas, Domingos Viera Lopes,  e contará com a participação de 50 empresas idas de Angola e mais de 70 empresas italianas.

Criada pelo Decreto Presidencial nº 81/18, de 19 de Março de 2018, a AIPEX está vocacionada para a promoção das exportações, captação de investimento privado, registo de propostas de investimento, apoio institucional e acompanhamento da execução dos projetos de investimento e internacionalização das empresas angolanas.

Angola é o terceiro parceiro comercial da Itália na África sub-sahariana. Em 2013, o valor total de comércio entre os dois países elevou-se a 891 milhões de Euros, com 348 milhões de Euros feitos através das exportações Italianas.

Os países estão interessados na diversificação dos seus investimentos e a cooperação bilateral, que se restringe aos sectores da saúde, agricultura, educação, transportes, petróleos e da defesa.

A Itália foi o primeiro país da Europa Ocidental a reconhecer a independência de Angola, no dia 18 de Fevereiro de 1976.

Publicidade