Para explicações detalhadas do projeto,  a Zona Jovem Produções, realiza, hoje, às 18h00, no Hotel Loanda, uma conferência de imprensa na qual vai anunciar o cartaz completo da terceira edição.

Figueira Ginga, um dos membros da organização, a par de Chalana Dantas e Jeferson Simão, confirmou já a presença da dupla gospel Miguel Buíla e Bambila para a edição de Novembro.

Depois de duas temporadas, adiantou, a direção da Zona Jovem Produções pretende consolidar mais o projeto no mercado e torná-lo numa das principais referências fixas da agenda musical da cidade.

“Mas as portas continuam abertas para novas adesões, porque já conseguimos conquistar um público e este merece o melhor”, disse Figueira Ginga, acrescentando que estão a pensar em ir também para outras províncias.

O projeto começou no segundo semestre de 2018, na Casa 70, com o dueto de Patrícia Faria e Puto Português. Pelo êxito da dupla, a organização decidiu continuar com a iniciativa e levou outros nomes para concertos como Eduardo Paim e Maya Cool, Edmázia e Bruna Tatiana, e Paulo Flores e Yuri da Cunha. A segunda temporada consolidou a marca com espetáculos de Gabriel Tchiema e Euclides da Lomba, Don Kikas e Walter Ananaz, Pérola e Yola Semedo, Calado Show e Gilmário Vemba e Kyaku Kyadafy e Ary.

A ideia do projeto da Zona Jovem é valorizar a música angolana, convidando ao palco intérpretes das mais variadas vertentes para apresentações de artistas consagrados individualmente e dispostos à criação em dupla de um show de raiz.

Publicidade