Segundo uma nota do governo cabo-verdiano, o memorando será assinado durante a visita oficial que o ministro dos Transportes de Angola, Ricardo Viegas D’Abreu, realiza sexta-feira a Cabo Verde, a convite do Ministro do Turismo e Transportes e Ministro da Economia Marítima cabo-verdiano, José da Silva Gonçalves.

No horizonte desta visita oficial está “a reabertura das ligações aéreas diretas entre Praia e Luanda, incluindo a fixação de uma data para a retomada das operações de voos entre os dois países”, prossegue a informação oficial.

Ricardo Viegas D’Abreu começa o programa da visita com uma audiência com o primeiro-Ministro, Ulisses Correia e Silva, seguida de vários encontros setoriais focados nos acordos específicos de cooperação e desenvolvimento.

O ponto alto desta visita do governante angolano será a assinatura de um Memorando de Entendimento entre os ministérios dos Transporte dos dois países que “preconiza as áreas específicas e as formas de cooperação em prol do desenvolvimento de programas, projetos e ações concretos nos domínios dos transportes aéreos e marítimos”.

Os programas deverão ser desenvolvidos por “entidades e instituições específicas de cada um dos países, com o objetivo de definir e consolidar a cooperação nestes dois setores estratégicos para os dois países”.

O memorando de entendimento é válido por um período de cinco anos.

Além deste memorando, serão assinados “os instrumentos de cooperação entre a Cabo Verde Airlines e a TAAG, a Agência da Aviação Civil, e o Instituto Nacional da Aviação Civil (INAVIC) de Angola”.

Publicidade