Angola: FestiNeto divulga a vida e a obra do Poeta Maior

Várias actividades culturais estão a ser realizadas desde ontem, em Catete e Luanda, inseridas na sétima edição do FestiNeto, por ocasião das comemorações do 95º aniversário do nascimento do Presidente António Agostinho Neto.

0

A actividade é organizada pela Fundação António Agostinho Neto (FAAN) e tem como objectivo divulgar a vida e obra do estadista, médico e humanista, poeta e homem de cultura, António Agostinho Neto, como referência as sucessivas gerações de jovens angolanos.

As actividades vão decorrer até ao fim do mês  e incluem  uma exposição biográfica apresentada no Belas Shopping, denominada “Vida de Agostinho Neto em Banda Desenhada”.

No dia 11 é lançado o livro “Exílios-Testemunho de exilados e desertores portugueses na Europa, 1961-1974”, às 16h00, no Memorial António Agostinho Neto.

Está igualmente agendada a apresentação do DVD “Cubanos falam de Agostinho Neto”, acompanhada de outorga de honra ao Poeta Maior, pela Associação dos Caimaneros.

No dia 13, o auditório da sede da empresa AAA  acolhe os lançamentos de duas obras: o terceiro volume de BD sobre a vida e obra de Neto intitulado “A vitória é Certa” e a apresentação do livro “A obra de Agostinho Neto como Educador Social em Angola”, de Rosa de Lima.

O Parque da Independência, em Lunada, acolhe de 15 a 17, a feira de literatura, cultura e artes, com exposições de vários artefactos.

Está igualmente prevista uma exposição internacional de gastronomia e cultura, em que vão participar duas dezenas de países, através das suas embaixadas acreditas em Angola, onde os representantes dos países convidados vão exibir o melhor da sua culinária em sessões de degustação, bem como, a apresentação de trajes típicos e outras manifestações artísticas dos respectivos países.

Estão marcados, também, para o dia 17, no período da tarde, as finais dos eventos desportivos, no campo multidisciplinar, no Centro Cultural Agostinho Neto, em Catete, enquanto a outorga do Prémio Literário “Sagrada Esperança” vai ser feita dia 29, no Memorial António Agostinho Neto, em Luanda.

Recital de Poesia

O Auditório Pepetela do Camões – Centro Cultural Português, acolhe, a partir das 18h30, um recital de poesia denominado “Reviver Poesia de Neto”, com o poeta e declamador Universo Mavambo, em homenagem ao Poeta Maior, Agostinho Neto.

No recital, enquadrado na 7ª edição do FestiNeto 2017, o poeta Universo Mavambo declama poemas de Agostinho Neto como “Caminho do mato”, “Para enfeitar os teus cabelos”, “Noites no mato” e “Não me peças sorrisos”.O  poeta Kapa Afonso  declama “Um poema para mim” e  “Adeus à largada”, além de momentos musicais, protagonizados pelos alunos do Instituto Superior de Artes,  pelo artista Izau Fortunato, que interpreta “Aleluia” e “Renúncia Impossível”  e pelo artista Fernando Jessy, que interpreta “Maquieso” e “Mufete”.

A actividade conta com a colaboração da União dos  Estudantes do Ensino Superior e é apresentado, pelo Secretário-geral do Movimento Lev’Arte, Kiocamba Cassua, e por Djamila Fragoso. Universo Mavambo  é poeta  e fez parte da antologia “Raízes do Brazil e Angola”. Estreou-se como declamador num recital do Movimento Lev’Arte. Criou, juntamente com Santo Kimbalanbe, a rubrica Passarela poética, do programa Zimbando da TVZimbo. Foi mentor e coordenador do Atelier de Literatura da Universidade Católica de Angola. Realizou o  primeiro recital de Poesia e Música “Neto para o Mundo”, e “Desterro” em homenagem ao poeta Maior.

Kialunga Afonso, pseudónimo Kapa, o poeta, nasceu em 1983, na aldeia de Vila-Nova, no Uíge. Publicou, em 2010,  “Esperança – um romance contado em verso”.
Isau Fortunato formou-se em canto lírico na Escola Nacional de Formação Artística (INFA). É orientador de canto, do grupo Da Banda, e professor de canto na escola do MAPTSS, em Viana. Integra o grupo lírico “Bantu Voices”.

Fernando Jessy, intérprete e compositor, a sua carreira artística iniciou-se em 2013, actuando em diversos espaços de Luanda, e coordena o Núcleo do Movimento Lev’Arte, em Viana.

Publicidade