Angola: Petro de Luanda e o 1º de Agosto partilham da liderança do Girabola

O Petro de Luanda alcançou ontem o 1º de Agosto, na liderança do Girabola Zap, ao derrotar o FC Bravos do Maquis, por 2-0, no Estádio Nacional 11 de Novembro, no encerramento da

0

Ambos com 59 pontos, os militares do Rio Seco estão à frente do campeonato, mercê da vantagem no confronto directo com os tricolores do Eixo Viário.

Com Roberto Bianchi na bancada, por força do castigo julgado improcedente pela FAF, o Petro aproveitou dois erros defensivos dos maquisardes, com Manguxi e Tiago Azulão a marcarem, aos 15 e 57 minutos.

O Recreativo do Libolo regressou ontem às vitórias, ao derrotar a Académica, por 2-1, no Estádio de Calulo, com os estudantes lobitangas a serem os primeiros a marcar por intermédio de Ben Traoré, aos seis minutos. Os libolenses puxaram dos galões para evitar a segunda derrota seguida na prova, com golos de Kaya e Figo, aos 24 e 84 minutos. Fora da corrida do título e da Taça, o Libolo vira baterias para a disputa do terceiro lugar.

Ainda ontem, o Progresso da Lunda-Sul venceu a Caála, por 1-0, no Estádio das Mangueiras, relançando a luta pela manutenção. Depois da promessa de apoio do governador Ernesto Kiteculo, a equipa de Albano César encontra forças para permanecer.

Disputa pela manutenção

Com excepção do Santa Rita, cinco equipas estão por resolver a sua situação na prova, casos do FC Bravos do Maquis, Académica, ASA, Progresso da Lunda-Sul e JGM.

Com seis meses de salários em atraso, o ASA colocou de parte os problemas financeiros e derrotou o JGM, por 2-1, no Estádio Municipal dos Coqueiros, alimentando a esperança de continuar na primeira divisão.

Em casa, os aviadores não venciam há 11 jogos, quebrando um jejum de três jornadas. Com esta derrota, o JGM agravou ainda a situação de permanência na competição.

Nos outros jogos disputados, Interclube e 1º de Agosto empataram (1-1), idêntico resultado registado no Santa Rita-Sagrada Esperança e 1º de Maio-Kabuscorp, enquanto o Progresso Sambizanga perdeu, por 1-2, frente ao Desportivo da Huíla.

Publicidade