Há alguns anos, a Apple registou uma patente onde dá conta de um dispositivo dobrável – tal como tantas marcas no mercado. Este mês, uma nota aos investidores da analista de mercado UBS, citada pelo site CNBC, avança que a empresa liderada por Tim Cook “está a trabalhar na tecnologia” que permite ‘dobrar’ os ecrãs dos gadgets e que estará interessada em começar pelo iPad.

No entanto, na mesma nota, é indicado que estes trabalhos ainda estão numa fase inicial e que, muito provavelmente, o iPad dobrável só estará pronto em 2021. Tendo em conta que já existem opções anunciadas no mercado, a Apple poderá chegar tarde a esta corrida para os gadgets dobráveis. 

A CNBC indica ainda, citando a mesma nota, que uma das grandes preocupações tem sido o preço do produto para o consumidor final. Um estudo recente feito pela UBS aponta que os consumidores estão dispostos a investir mais algum dinheiro para ter acesso a um telefone dobrável, mas há limites: cerca de 600 dólares a mais. 

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here