A companhia participa, pela primeira vez, na 16ª edição do Festival de Internacional de Teatro de Inverno de Moçambique (FITI), que decorre desde o passado dia 24 de Maio e termina a 23 deste mês. Para Solange Feijó, “é um marco importante na internacionalização do grupo.”

A encenadora informou que o grupo vai a Moçambique com uma caravana, que inclui atores e membros da direção. Devido aos poucos recursos financeiros do grupo, vão apenas 4 pessoas. A viagem, adiantou, está marcada para amanhã quarta feira com regresso a 24, um dia após o encerramento do festival.

Solange Feijó acrescentou ainda que vão representar o país com a peça “Tomara que chova… Mas bem longe daqui”, um espetáculo assente, fundamentalmente, nos aspetos sociais da capital, criado para mostrar a realidade atual das sociedades modernas africanas. Além da participação no festival, destacou, o grupo espera criar parcerias e fortalecer as relações com os demais participantes.

Publicidade