O livro de Aurélio Furdela, vencedor da 2ª edição do Prémio Literário Imprensa Nacional – Casa da Moeda (INCM)/ Eugénio Lisboa, será apresentado ao público, na cidade de Maputo, no próximo dia 14.

A cerimónia de lançamento do novo livro de Furdela irá realizar-se no Camões – Centro Cultural Português, às 18 horas, e terá como apresentador o professor universitário Abudo Machude.

Além de Saga d’ouro, de Aurélio Furdela, na mesma ocasião será apresentado aos leitores o livro Sonhos manchados, sonhos vividos, da autoria de Agnaldo Bata, menção honrosa no mesmo concurso literário. Neste caso, a apresentação da obra será feita pelo Director da Unidade de Edição e Cultura da INCM, Duarte Azinheira.  

O grande vencedor da segunda edição do Prémio Literário Imprensa Nacional – casa da Moeda/ Eugénio Lisboa, Aurélio Furdela, além de escritor, é dramaturgo, guionista e letrista. É autor de livros como De medo morreu o susto, O golo que meteu o árbitro e As hienas também sorriem. Em 2017, foi Prémio Literário 10 de Novembro, instituído em homenagem à capital do país. Furdela é licenciado em História, pela Universidade Eduardo Mondlane.

Quanto a Agnaldo Bata, nasceu a 3 de Maio de 1991, no Chamanculo, subúrbio de Maputo. É Licenciado em Sociologia, escreve prosa e peças teatrais, tendo as suas obras presença no Festival Internacional Teatro de Inverno, organizado pela associação Girassol. Em 2015, foi premiado no Concurso Literário dos 40 anos do Banco de Moçambique na categoria de Romance com a obra “Na Terra dos Sonhos”, editada e publicada pela Alcance Editores, em 2017, sendo esta a sua obra de estreia.

O Prémio INCM/ Eugénio Lisboa foi criado há dois anos, pela Imprensa Nacional Casa da Moeda, como forma de promover a língua portuguesa e reconhecer a importância de Eugénio Lisboa, enquanto cidadão, homem de cultura e autor nascido em Moçambique.

Publicidade