O Banco Africano de Desenvolvimento, BAD, acaba de doar sete milhões de dólares a São Tomé e Príncipe para apoio ao Orçamento Geral do Estado de 2020, anunciou hoje o ministro são-tomense das Finanças, Osvaldo Vaz, a partir de Abijan Costa do Marfim.

Este acordo de doação foi assinado esta manhã em Abidjan (Costa de Marfim), tendo o documento sido assinado pelo próprio ministro do Planeamento, Finanças e Economia Azul, Osvaldo dos Santos Vaz, em representação do governo e pelo Vice-Presidente Dr.Sherif Khaled, representante do Banco Africano de Desenvolvimento (BAD).

 Um acordo considerado de “histórico” por ambas as partes por ser a primeira vez que o BAD concede apoio financeiro directo ao Orçamento Geral do Estado Santomense face, sobretudo, aos “esforços incansáveis do XVII governo chefiado pelo primeiro-ministro Jorge Bom Jesus e aos trabalhos abnegados da equipa técnica de quadros nacionais, coordenado pelo ministro da tutela Osvaldo Vaz, coadjuvado pelo governador de Banco Central, Américo Barros”.

O Conselho de Administração do BAD aprovou o referido acordo, no dia 08 de Janeiro do corrente ano no âmbito do programa económico-financeiro entre as duas partes.

Este donativo financeiro segue-se a um outro de cinco milhões de dólares desbloqueados nas últimas horas de Dezembro de 2019 pelo Banco Mundial também de apoio ao Orçamento do Estado são-tomense de 2020 estimado em cerca de 159 milhões de dólares.

Publicidade