O  acordo da linha de  financiamento, de acordo com o Despacho Presidencial publicado em Diário da República,  de 14 de Maio, será  assinado  entre o Governo de Angola, representado pelo Ministério das Finanças e  o Banco  Credit Suisse.

De acordo com o  documento,  há  necessidade de se  assegurar  a execução   financeira  para  os projectos  estratégicos  a serem  decididos  pelas  autoridades  da  República de  Angola.

Sem precisar  tais projectos,  o  Despacho Presidencial  autoriza  o  ministro  das Finanças à assinatura  da referida  linha de  financiamento e preparação de toda  a  documentação  relacionada à mesma.

Em outro  despacho, do mesmo  Diário da República, o Presidente João Lourenço  aprova  o acordo  financeiro a  celebrar  entre  o Ministério das Finanças e o  Banco  Angolano  de Investimento (BAI),  no Valor  global de  15 mil  milhões de kwanzas,  para  a cobertura  de  aquisição  de alimentos e medicamentos  para o Ministério  do Interior  e para  a Casa de Segurança do Presidente da República.

Este  despacho justifica  a necessidade de se  assegurar  o atendimento  das necessidades  logísticas  alimentares  para a cobertura  de  aquisições de alimentos  e medicamentos  do Ministério do Interior  e da Casa de Segurança do Presidente da  República.

Publicidade