A previsão de venda de moeda estrangeira “é de caráter indicativo, podendo o Banco Central efetuar ajustes em função da evolução das contas externas”, acrescenta o BNA.

O montante de divisas levadas a leilão tem diminuído desde o início do ano.

Nos meses de março e abril, o BNA tencionava vender 800 milhões de dólares (716 milhões de euros), menos 300 milhões (268 milhões de euros) do que nos dois meses precedentes.

Publicidade