O novo cabo, orçado em 25 milhões de dólares (22,3 milhões de euros) vai ligar ao cabo transatlântico intercontinental de fibra ótica EllaLink, entre Portugal e Brasil, que está a ser construído, permitindo ao arquipélago e aos serviços da Cabo Verde Telecom beneficiarem de uma nova conexão entre Europa e América Latina, adianta o BEI num comunicado.

Além da melhoria das ligações internacionais, Cabo Verde deixará de estar dependente de um único cabo submarino que está no fim de vida operacional e tem uma capacidade de transmissão de dados limitada.

Publicidade