O ex-Presidente brasileiro Lula da Silva, preso por corrupção, vai comentar o Mundial de 2018 a partir da prisão, para uma rádio e estação televisiva brasileira.

O anúncio do novo “comentador exclusivo” foi feito hoje através de um vídeo publicado nas redes sociais do Partido dos Trabalhadores (PT) pelo locutor e comentador desportivo José Trajano, que tem um programa futebolístico na televisão e na rádio.

“A TVT e a rádio Brasil Atual têm um novo comentador”, afirmou Trajano que explicou que os comentários do ex-Presidente vão ser escritos e depois transmitidos para que a audiência possa “lê-los e ouvi-los na voz de um locutor”.

A estreia de Lula da Silva enquanto comentador será feita na próxima segunda-feira, um dia depois do jogo entre o Brasil e a Suíça.

Lula da Silva é um reconhecido fã de futebol e adepto do Corinthians, o segundo clube mais popular no Brasil.

O ex-Presidente foi condenado a 12 anos e um mês de prisão por corrupção e branqueamento de capitais e entregou-se, no dia 7 de abril, às autoridades, depois de ter resistido dois dias na sede do Sindicato dos Metalúrgicos de São Bernardo do Campo.

Embora impedido de concorrer eleitoralmente, uma vez que as leis eleitorais brasileiras proíbem condenadas em segunda instância, como é o caso, de concorrer a qualquer cargo público, o PT lançou na semana passada a pré-candidatura de Lula da Silva às eleições de outubro.

O partido de esquerda pretende recorrer junto do tribunal eleitoral e do Supremo Tribunal para que permitam a inscrição da candidatura de Lula da Silva, que lidera todas as sondagens de intenção de voto para as presidenciais.

Num esforço de manter Lula da Silva ativo publicamente, o PT divulga todos os dias informações e cartas do ex-Presidente, que foram entregues aos advogados e familiares que o visitam na sua cela especialmente adaptada na sede da Polícia Federal em Curitiba.

Publicidade