A moção será debatida e votada na quarta-feira, propôs a primeira-ministra, Theresa May.

“Estou satisfeito que a moção seja debatida amanhã [quarta-feira]. Para que esta Câmara [dos Comuns] possa dar o seu veredicto sobre a incompetência deste governo”, disse Corbyn.

Uma maioria de 442 deputados reprovou hoje o acordo de saída do Reino Unido da União Europeia no parlamento britânico contra 302 a favor, uma desvantagem de 230 votos, um número sem precedentes.

O voto culminou cinco dias de debate e aconteceu após um mês após a data inicialmente prevista, a 11 de dezembro, quando foi adiado pelo governo devido ao risco de derrota.

Publicidade