Segundo o mapa de castigos, hoje divulgado, a punição refere-se a declarações escritas em março através da rede social Facebook e “publicadas no jornal O Jogo”, nas quais dirigiu várias acusações ao presidente do Sporting de Braga, António Salvador.

O ex-dirigente foi, assim, condenado a 30 dias de suspensão e ao pagamento de 3.830 euros, decisão que surge dois dias depois de o antigo presidente dos ‘leões’ ter sido detido.

Bruno de Carvalho e um dos líderes da claque Juventude Leonina, Nuno Mendes, conhecido por Mustafá, estão detidos no âmbito da investigação sobre o ataque à Academia do Sporting, em Alcochete, em 15 de maio passado.

Publicidade