Cabo Verde: Direcção-Geral do Turismo avalia positivamente realização do “Cabo Verde Awards Tourism”

0

O director-geral do Turismo, Carlos dos Anjos, avaliou positivamente a realização da I Edição do “Cabo Verde Awards Tourism” que decorreu durante três dias na ilha do Sal, tendo terminado sábado, num ambiente animado.

Carlos dos Anjos, que falava à imprensa no final do certame na noite de cerimónia de galardões de mérito do denominado “Cabo Verde Awards Tourism”, manifestou-se satisfeito com a organização desta primeira edição, que deverá ter sequência nos próximos anos.

“Tivemos concorrentes em todas as categorias, atribuímos vários prémios, os critérios usados foram essencialmente ligados à celebração deste ano, declarado o ano do turismo sustentável, e tivemos o cuidado de escolher um júri que também levou esses critérios em consideração. Penso que estamos todos de parabéns”, exteriorizou.

Carlos dos Anjos reiterou que a experiência “Cabo Verde Awards Tourism” terá continuidade, anualmente, como acto final da celebração do Dia Mundial do Turismo, assinalado a 27 de Setembro.

Quanto a novidades, o responsável disse que são “excelentes”, realçando, especialmente, a nomeação de Cabo Verde para o Conselho Executivo da Organização Mundial do Turismo, a nomeação para vice-presidente da Assembleia-geral da Organização Mundial do Turismo, e “essencialmente”, a constatação de um crescimento do turismo, acima da média, em 2017.

“Os hotéis estão muito satisfeitos, há uma grande procura turística… portanto são novidades boas”, concluiu.

Para o presidente da Câmara do Sal, Júlio Lopes, trata-se de uma “grande iniciativa” do Governo, através da Direcção-geral do Turismo, que permitirá consagrar aqueles que se destacaram numa área ou outra no sector do turismo.

“Penso que este evento que vai ter um impacto enorme sobre a qualidade do turismo, deve continuar para os próximos anos e ser realizado em vários pontos de Cabo Verde por forma a criar mais exigências junto dos operadores e das entidades turísticas para melhorarem cada vez mais a sua performance, no quadro do chamado turismo de qualidade, que queremos impor no país”, sublinhou.

Divulgando alguns protocolos rubricados com o Governo, o autarca destaca a cifra de 1.350 mil contos destinados a investimentos nos bairros degradados, com vista a eliminar as barracas na ilha, nas zonas de Alto São João, Alto de Santa Crus e Terra Boa.

“Isto é muito importante porque não pode haver um turismo de qualidade, um turismo sustentável, sem a chamada sustentabilidade social. Ou seja, a comunidade tem que beneficiar-se do turismo”, enfatizou.

Promovido pela Direcção-geral do Turismo e dos Transportes (DGTT), em parceria com a Tiver e seus parceiros, cujo orçamento rondou os 15 mil contos, “baseado em patrocínios”, o evento teve lugar na praia de Santa Maria, durante três dias, de quinta-feira a sábado.

A cerimónia, transmitida em directo pela televisão, arrancou com duas horas de atraso, estendendo-se até perto das 02:00 de hoje, com alinhamento artístico/musical animado por Sílvia, Medina, Princesito, Manú Lima, e o grupo de dança Raíz di Polon, alternado com a entrega dos galardões.

Publicidade