A Direcção Nacional do Ambiente (DNA) afixou esta quinta-feira, para consulta pública e avaliação do impacto ambiental, o projecto de construção do hotel Four Points By Sheraton, a erguer-se na Laginha, em São Vicente.

No âmbito de decreto-lei 29/2006, de 06 de Março, que estabelece o regime jurídico da Avaliação de Estudos de Impactos Ambientais dos projectos públicos ou privados susceptíveis de produzirem efeitos no ambiente, a DNA coloca o referido projecto à consulta pública até o dia 10 de Maio, na Câmara Municipal de São Vicente, na Delegação Regional do Ministério da Agricultura e Ambiente, no Mindelo, e na Direcção Nacional do Ambiente, na Cidade da Praia.

O Four Points by Sheraton é uma marca de hotéis voltada para viajantes de negócios e pequenas convenções, propriedade da Starwood Hotels & Resorts, que é uma subsidiária da Marriott International.

O grupo opera mais de 300 hotéis em todo o mundo sob a marca Four Points by Sheraton, que opera hotéis em seis continentes, incluindo nove em África, 127 na região Ásia-Pacífico, 25 na Europa, dez no Oriente Médio, 187 na América do Norte e 12 na América do Sul.

Por outro lado, no âmbito do turismo e da requalificação de edifícios e espaços públicos na cidade do Mindelo, a Câmara Municipal de São Vicente já tem em marcha a requalificação da Praça Nova do Mindelo, com a prevista reconstrução da antiga esplanada Pic-Nic, envolvendo privados, e a recuperação do repuxo do tanque existente no centro da praça.

Igualmente, avançam as obras de recuperação do edifício da ex-Conservatória dos Registos e Notariado, na baixa do Mindelo, que se encontrava em avançado estado de deterioração, num projecto orçado em 60 mil contos, e que deverá passar a acolher, no final das obras, os serviços da Assembleia Municipal, alguns departamentos da autarquia e um auditório.

Publicidade