Cabo Verde: Instituições de micro-finanças vão atender agricultores e criadores de gado com créditos face ao mau ano agrícola

0

As instituições cabo-verdianas de micro-finanças vão assinar com o Governo, através do Ministério do Ambiente, um programa para apoiar os agricultores e criadores de gado, disponibilizando créditos para fazer ao mau ano agrícola.

A informação foi avançada à imprensa pela presidente da Organização das Mulheres de Cabo Verde (OMCV), Idalina Gonçalves, que acompanhou o embaixador dos Estados Unidos, Donald Helfin, esta quinta-feira, a uma visita ao concelho de Santa Catarina para se inteirar do mau agrícola.

Segundo Idalina Gonçalves, além da OMCV, as outras instituições de micro finanças do país vão disponibilizar créditos, para que, juntamente com o Governo, possam pôr em prática o programa de salvamento de gado e apoiar famílias nas actividades geradoras de rendimento (AGR).

Sem avançar o montante que irá ser disponibilizado aos homens do campo, assegurou que o valor vai servir para “minimizar os efeitos da seca e do mau ano agrícola”.

A nível do país, todos os municípios já entregaram os seus planos de contingência ao Governo. Os planos põem tónica, sobretudo, na questão de auto-emprego, salvamento do gado e actividades geradoras de rendimento.

Publicidade