Quatro navios de cruzeiros, com “milhares” de turistas a bordo, são esperados, durante o mês de Outubro, em Santo Antão, no âmbito da temporada de cruzeiros em Cabo Verde, informou o posto de turismo do Porto Novo.

Albatros Eta, Hebridean Sky, Habseatic Nature e Bremen Eta são os navios esperados no porto do Porto Novo a partir de 07 de Outubro, “uma oportunidade de negócio” para os operadores turísticos e dos transportes inter-urbanos, segundo ainda o posto de turismo do Porto Novo.

Os operadores turísticos em Santo Antão acreditam que o turismo de cruzeiros poderá ser, também, “um mercado importante” para esta ilha, cujo porto poderá funcionar como “um complemento” do futuro terminal de São Vicente.

O Governo partilha dessa posição, admitindo que Santo Antão poderá passar a receber entre 10 a 20% dos navios que aportarem o futuro terminal de cruzeiros de São Vicente, infraestrutura que será dimensionada para servir toda a região norte do arquipélago.

Porém, o porto do Porto Novo, que consegue apenas receber navios de médio porte, precisa ser alargado, segundo os operadores turísticos em Santo Antão, que, insistentemente, têm vindo a reclamar a segunda fase de extensão desta infraestrutura portuária.

A Associação do Turismo de Santo Antão defende, mesmo, a necessidade de o Governo, no âmbito do programa de investimentos para Santo Antão, “priorizar” o alargamento do porto do Porto Novo, para passar a receber navios de cruzeiros de maior dimensão.

Para os municípios, Santo Antão está “praticamente estagnado” à espera das grandes infraestruturas que dinamizem a economia desta ilha, de entre as quais se destacam a ampliação do porto.

O ministro do Turismo, Transportes e Economia Marítima, José Gonçalves, reconheceu, recentemente, de visita a Santo Antão, que este porto, com três cais de 136, 118 e 46 metros de cumprimento, precisa ser ampliado, mas “de momento”, o projeto “não está na calha”.

Os navios de cruzeiros de grande porte que chegam a Santo Antão ficam no largo da baía do Porto Novo e os turistas são desembarcados a partir de uma plataforma flutuante.

Publicidade