As candidaturas são gratuitas e abertas a qualquer concorrente, idade e nacionalidade, sendo que os candidatos só podem submeter uma curta-metragem nas categorias de ficção, documentário e animação, até 16 de junho próximo, na competição Shorts.

No concurso Volume, serão aceites, no máximo, três vídeos musicais por concorrente, até 20 de julho deste ano, indicou a organização, em comunicado.

Na programação extraconcurso, a organização destacou mostras de ‘curtas’ e vídeos musicais dos países de língua portuguesa, bem como uma curadoria de filmes de ficção pela realizadora Lanka Bandaranayake, finalista da edição de 2017, entre outros.

Em 04 de março foi aberta a competição internacional para o cartaz do festival deste ano. Até 30 de junho, cada concorrente pode apresentar três projetos para a imagem promocional da 10.ª edição do certame, que vai decorrer de 03 a 10 de dezembro, no teatro D. Pedro V, em Macau. No último dia serão conhecidos os vencedores.

Lançado em 2010, pelo Centro de Indústrias Criativas-Creative Macau e pelo Instituto de Estudos Europeus de Macau, a iniciativa manteve duas prioridades: “Promover as indústrias criativas de Macau do sector do audiovisual e descobrir os talentos locais com competências na produção do design de som e imagem em movimento”, de acordo com a organização.

A competição expandiu-se pelos cinco continentes, ganhou reconhecimento e, em 2015, evoluiu para festival de curtas-metragens, mantendo o mesmo objetivo de motivar a participação de produções fílmicas e vídeos musicais locais e internacionais, a competir em Macau.

Entre 2010 e 2018, esta iniciativa já premiou 77 filmes e vídeos musicais, dos quais, 35 de Macau. Os premiados são de Portugal, China, Dinamarca, Bélgica, Alemanha, Brasil, França, Índia, Suécia, Espanha, Irão, Polónia, Chile, Paquistão e Suíça.

Na edição anterior, em dezembro de 2018, o público assistiu a 84 filmes e a dez vídeos musicais da programação do festival, ao longo de mais de 19 horas. A organização recebeu as candidaturas de 4.143 filmes e 666 vídeos musicais.

Publicidade