“As próximas 48 horas a Cidade de Maputo nos bairros poderão registar inundações urbanas moderadas, devido à acumulação de águas pluviais”, lê-se num comunicado do Ministério das Obras Públicas, Habitação e Recursos Hídricos distribuído hoje a imprensa.

Os alertas da Direção Nacional de Gestão de Recursos Hídricos para as zonas periurbanos são comuns no períodos chuvosos no país.

No documento, o Ministério das Obras Públicas, Habitação e Recursos Hídricos alerta também para a subida das bacias dos rios Umbeluzi, Incomáti, Limpopo, Save, Búzi, Púngoè, todas no sul do país.

Entre os meses de novembro e abril, Moçambique é ciclicamente atingido por ventos ciclónicos oriundos do Índico e por cheias com origem nas bacias hidrográficas da África Austral.

No total, 714 pessoas morreram durante o período chuvoso 2018/2019, incluindo 648 vítimas dos ciclones Idai e Kenneth, que se abateram no norte e centro do país em março e abril.

Publicidade