“Esta proposta será apresentada ao Conselho de Ministros, a quem cabe fixar a data desta eleição”, disse o porta-voz da CNE, Paulo Cuinica, falando em conferência de imprensa.

De acordo com a lei, prosseguiu, o Conselho de Ministros decidiu que a repetição da votação deve acontecer no segundo domingo a seguir à validação e proclamação das eleições autárquicas, o que aconteceu na quarta-feira.

Publicidade