A Alemanha deverá encerrar segunda-feira as fronteiras com a França, Áustria e Suíça, numa tentativa de conter a propagação da pandemia Covid-19 e impedir o açambarcamento de bens de consumo, avançou hoje a imprensa alemã.

Segundo o diário Bild, para a decisão de encerrar as fronteiras pesou a vontade das autoridades de impedirem as compras em massa de bens de consumo em território alemão, que estarão a ser feitas por cidadãos estrangeiros que moram em zonas fronteiriças.

A medida terá sido tomada durante uma reunião por telefone entre a chanceler Angela Merkel, os ministros do Interior e da Saúde e os líderes dos Estados federados da Baviera, Baden-Württemberg, Sarre, e Renânia-Palatinado.

O encerramento das fronteiras entrará em vigor às 08:00 locais de segunda-feira (07:00 em Lisboa), estando previstas exceções para o transporte de mercadorias e para pessoas que trabalhem num dos lados da fronteira, mas que habitem no outro.

Mesmo nestes casos haverá restrições e um controlo apertado, avança o Bild.

O total de pessoas infetadas na Alemanha subiu hoje para 3.795, mas 733 do que no sábado, havendo a registar a nona vítima mortal, uma mulher de 86 anos da Baviera.

Publicidade