A edição deste ano do Festival de Bubaque, o maior de música da Guiné-Bissau e que se realiza anualmente no arquipélago dos Bijagós, foi cancelada devido à pandemia do novo coronavírus, informou hoje a organização.

O festival, que deveria decorrer entre sexta-feira e domingo na ilha de Bubaque, vai ser substituído por atuações dos músicos em direto nas redes sociais no sábado para animar os guineenses em isolamento social, explicou a organização.

Dados divulgados segunda-feira pelas autoridades sanitárias, apontam que na Guiné-Bissau o número de pessoas infetadas com o novo coronavírus passou de 18 para 33, mas com possibilidade de aumentar nos próximos dias.

Para conter a propagação do novo coronavírus, as autoridades guineenses determinaram várias medidas, ao abrigo do estado de emergência, nomeadamente o confinamento social e a limitação de circulação de pessoas e viaturas entre as 07:00 e as 11:00 locais (menos uma hora que em Lisboa).

O número de mortes provocadas pela covid-19 em África subiu para 487 nas últimas horas num universo de mais de 10.075 casos registados em 52 países, de acordo com a mais recente atualização dos dados da pandemia naquele continente.

O novo coronavírus, responsável pela pandemia da covid-19, já infetou mais de 1,3 milhões de pessoas em todo o mundo, das quais morreram mais de 73 mil.

Dos casos de infeção, cerca de 250 mil são considerados curados.

Depois de surgir na China, em dezembro, o surto espalhou-se por todo o mundo, o que levou a Organização Mundial da Saúde (OMS) a declarar uma situação de pandemia.

Publicidade