A feira de videojogos Tokyo Game Show, a maior da Ásia e uma das mais importantes da indústria a nível mundial, vai realizar a edição deste ano em formato digital devido à covid-19, anunciou hoje a organização.

O evento vai decorrer nas datas previstas, de 24 a 27 de setembro, e em formato digital, embora o principal promotor, a Organização de Provedores de Entretenimento Informático, não tenha adiantado pormenores.

Devido à pandemia da covid-19 e “por a situação continuar a ser imprevisível também no Japão (…) foi tomada esta decisão, depois de longas deliberações, para dar prioridade à saúde e à segurança dos visitantes, dos expositores e outros interessados”, indicou, em comunicado.

Este anúncio surgiu depois de outra das maiores feiras do mundo, a Gamescom de Colónia (Alemanha), prevista de 25 a 29 de agosto, ter indicado que ia decorrer em formato ‘online’, na sequência do cancelamento pelo Governo alemão de todos os grandes eventos até 31 de agosto.

Também a E3 de Los Angeles (Estados Unidos), a maior feira da indústria no mundo e que devia realizar-se de 09 a 11 de junho, anunciou, em março, o cancelamento do evento. Na altura, a organização indicou estar a explorar opções “para coordenar uma experiência ‘online’ para mostrar anúncios e notícias da indústria em junho”, podendo finalmente optar por um formato idêntico assumido pelos certames nipónico e alemão.

A nível global, segundo um balanço da agência de notícias AFP, a pandemia de covid-19 já provocou mais de 269 mil mortos e infetou mais de 3,8 milhões de pessoas em 195 países e territórios.

Para combater a pandemia, os governos mandaram para casa 4,5 mil milhões de pessoas (mais de metade da população do planeta), encerraram o comércio não essencial e reduziram drasticamente o tráfego aéreo, paralisando setores inteiros da economia mundial.

Publicidade