O Ministério da Saúde de Cabo Verde reviu hoje em baixa o número de casos de covid-19 no país, para um total acumulado de 113, depois ter avançado cinco casos novos de manhã, mas que afinal são quatro. 

Em comunicado enviado hoje de manhã, o Ministério da Saúde de Cabo Verde anunciou mais cinco novos casos de infeção pelo novo coroanvírus, todos no concelho da Praia, que elevava o total nacional para 114. 

Entretanto, em conferência de imprensa hoje à tarde, para fazer o ponto de situação diário da pandemia, o diretor do Serviço de Prevenção e Controlo de Doenças, Jorge Noel Barreto, esclareceu que apenas quatro casos são novos e que o outro é de um doente cujo exame voltou a testar positivo. 

“Cinco amostras tiveram resultado positivo, um era um caso já conhecido, era um exame de controlo, e os outros casos sim eram casos novos que agora estamos aqui a divulgar”, esclareceu o responsável cabo-verdiano. 

O porta-voz do Governo avançou que existem 456 pessoas em quarentena no país, com 305 no concelho da Praia, que considerou ser o “ponto quente” da situação da pandemia de covid-19 em Cabo Verde, com um total de 56 casos. 

Jorge Noel Barreto informou que a juntar aos dois médicos, que já tinham sido divulgados, mais dois outros profissionais de saúde do Hospital Agostinho Neto, na Praia, estão infetados com o novo coronavírus. 

Entretanto, garantiu que logo após o diagnóstico o maior hospital de Cabo Verde tomou todas as medidas de segurança e os profissionais foram colocados em isolamento.

O diretor do Serviço de Prevenção e Controlo de Doenças também disse que foi feito um rastreio dos possíveis contactos e o hospital tomou medidas de mitigação, no sentido de reduzir ao máximo exposição nos setores, mas garantindo os serviços mínimos. 

Cabo Verde conta 113 casos de covid-19, distribuídos pelas ilhas de Santiago (59), da Boa Vista (53) e de São Vicente (01). 

Um destes casos, um turista inglês de 62 anos – o primeiro diagnosticado com a doença no país, em 19 de março -, acabou por morrer na Boa Vista, enquanto outros dois doentes já foram dados como recuperados. 

Desde 18 de abril que está em vigor um segundo período de estado de emergência em Cabo Verde, mantendo-se suspensas as ligações interilhas e a obrigação geral de confinamento, além da proibição de voos internacionais.

A declaração do atual estado de emergência prevê para as ilhas da Boa Vista, Santiago e São Vicente, todas com casos de covid-19, que permaneça em vigor até às 24:00 de 02 de maio. 

Nas restantes seis ilhas habitadas, sem casos diagnosticados, a prorrogação do estado de emergência foi mais curta e terminou em 26 de abril. 

A nível global, segundo um balanço da agência de notícias AFP, a pandemia de covid-19 já provocou mais de 211 mil mortos e infetou mais de três milhões de pessoas em 193 países e territórios.

Mais de 832 mil doentes foram considerados curados.

Publicidade