Moçambique registou um caso positivo para a covid-19 nas últimas 24 horas, subindo para 80 o número total de casos de infeção pelo novo coronavírus, mas continua sem óbitos, disse hoje a diretora nacional de Saúde Pública.

Falando durante a conferência de imprensa de atualização de dados sobre a covid-19 no país, Rosa Marlene avançou que o caso positivo registado de sábado para domingo é de um trabalhador da petrolífera Total, na faixa etária entre 25 e 35 anos.

A empresa tornou-se há algumas semanas no centro da covid-19 em Moçambique, após a deteção de vários nas instalações da petrolífera em Afungi, província de Cabo Delgado, norte de Moçambique.

A diretora nacional de Saúde Pública referiu que as autoridades testaram 129 pessoas para a covid-19 nas últimas 24 horas e apenas uma deu positivo.

No total, já foram testadas 2.446 amostras, desde que foi declarada a pandemia, em 11 de março.

De sábado para hoje, Moçambique registou mais um caso recuperado, aumentando para 19 o número de pessoas nessa situação.

Do total do número de infetados, desde o registo do primeiro caso em Moçambique, anunciado em 22 de março, 72 são de transmissão local e oito importados.

Estão em quarentena domiciliar 1.009 casos, de um total de 12 mil pessoas que já estiveram nessa situação.

Mais de 576 mil pessoas já foram rastreadas em Moçambique.

O número de mortes provocadas pela covid-19 em África subiu para 1.754 nas últimas horas, com mais de 42 mil casos da doença registados em 53 países, segundo as estatísticas mais recentes sobre a pandemia naquele continente.

A nível global, segundo um balanço da agência de notícias AFP, a pandemia de covid-19 já provocou mais de 243 mil mortos e infetou mais de 3,4 milhões de pessoas em 195 países e territórios.

Mais de um milhão de doentes foram considerados curados.

Publicidade