Macau registou mais um caso importado da covid-19, o que eleva para 44 o número total de infetados no território, anunciaram hoje as autoridades.

O novo caso foi diagnosticado, no sábado, num residente de Macau, de 53 anos, marido do 40.º caso e pai do 41.º caso, importados, disse o Centro de Coordenação de Contingência do Novo Tipo de Coronavírus, em comunicado.

O doente e cinco familiares viajaram, em 26 de março, do Reino Unido para Hong Kong, onde chegaram no dia 27.

No mesmo dia, entraram em Macau “pelo transporte exclusivo do Gabinete de Gestão de Crises do Turismo através da ponte Hong Kong-Zhuhai-Macau. De acordo com as medidas de quarentena dos Serviços de Saúde naquela altura, o homem foi submetido à observação médica no hotel Dragão Royal”, de acordo com a mesma nota.

Na quinta-feira passada, o doente manifestou os primeiros sintomas da infeção, confirmada posteriormente nos exames, indicou o Centro, lembrando que a covid-19 foi diagnosticada na mulher e no filho, 40.º e 41º casos importados, em 31 de março.

“O doente está em condições clínicas consideradas normais e internado na enfermaria de isolamento do Centro Hospitalar Conde de São Januário para tratamento”, concluiu.

Após Macau ter estado 40 dias sem identificar qualquer infeção, a partir de meados de março foram identificados 34 novos casos, todos importados.

Em fevereiro, Macau registou uma primeira vaga de 10 casos da covid-19, já todos com alta hospitalar. Após a deteção de novos casos, as autoridades reforçaram as medidas de controlo e restrições fronteiriças, assim como a obrigatoriedade de quarentena de 14 dias imposta a praticamente todos aqueles que entrem no território.

O novo coronavírus, responsável pela pandemia da covid-19, já infetou cerca de 1,2 milhões de pessoas em todo o mundo, das quais morreram mais de 63 mil.

Dos casos de infeção, cerca de 220 mil são considerados curados.

Depois de surgir na China, em dezembro, o surto espalhou-se por todo o mundo, o que levou a Organização Mundial da Saúde (OMS) a declarar uma situação de pandemia.

Publicidade