A Organização Mundial de Saúde afirmou hoje que o novo surto de covid-19 na China já tem mais de cem casos, acrescentando esperar que as autoridades de Pequim divulguem assim que possível a sequência genética do vírus detetado.

“Mais de 100 casos foram confirmados. A origem e dimensão do surto estão a ser investigados”, disse o diretor-geral da OMS, Tedros, Ghebreyesus, em conferência de imprensa na sede da organização, em Genebra.

O diretor do programa de emergências sanitárias da OMS, Michael Ryan, afirmou que aquela agência das Nações Unidas tem estado em “contacto próximo” com os colegas na China e espera que o país partilhe publicamente a sequência genética do vírus detetado no surto, que marca um ressurgimento da covid-19 no país onde começou, depois de cerca de 50 dias sem novos casos não importados.

Publicidade