São Tomé e Príncipe registou cinco novos casos positivos de covid-19, nas últimas 72 horas, aumentando para 724 o número de infeções acumuladas, desde meados de março, quando a doença foi declarada no país, anunciou fonte do Ministério da Saúde.

Os cinco novos casos positivos do novo coronavírus resultam de 30 testes laboratoriais realizados entre sábado e hoje.

De acordo com o boletim diário sobre a situação da pandemia no país, o número de pessoas recuperadas aumentou para 279, estando internados no hospital de campanha sete pacientes e outros quatro no serviço sintomático respiratório.

O número de cidadãos em isolamento domiciliar diminuiu para 425, mantendo-se em 13 o número de óbitos devido à covid-19.

A região autónoma do Príncipe não apresenta qualquer caso do novo coronavírus.

Em África, há 11.622 mortos confirmados em quase 492 mil infetados em 54 países, segundo as estatísticas mais recentes sobre a pandemia naquele continente.

Entre os países africanos que têm o português como língua oficial, a Guiné Equatorial lidera em número de infeções e de mortos (3.071 casos e 51 mortos), seguida da Guiné-Bissau (1.790 casos e 25 mortos), Cabo Verde (1.500 casos e 17 mortos), Moçambique (1.040 casos e oito mortos), São Tomé e Príncipe (724 casos e 13 mortos) e Angola (353 infetados e 19 mortos).

O Brasil é o país lusófono mais afetado pela pandemia e um dos mais atingidos no mundo, ao contabilizar o segundo número de infetados e de mortos (mais de 1,62 milhões de casos e 65.487 óbitos), depois dos Estados Unidos.

Publicidade