São Tomé e Príncipe registou 16 casos positivos de covid-19 em 50 testes rápidos realizados nas últimas 24 horas, totalizando 479 infeções, indicou hoje a porta-voz do Ministério da Saúde, Isabel dos Santos.

De acordo com a responsável, no hospital de campanha estão sete doentes, enquanto o número de pessoas em isolamento domiciliário passou para 392.

No serviço sintomático respiratório encontram-se internados quatro doentes e o número de óbitos mantém-se em 12 pessoas.

Em África, há 3.922 mortos confirmados em mais de 135 mil infetados em 54 países, segundo as estatísticas mais recentes sobre a pandemia naquele continente.

Entre os países africanos que têm o português como língua oficial, a Guiné Equatorial lidera em número de infeções (1.306 casos e 12 mortos), seguida da Guiné-Bissau (1.256 casos e oito mortos), Cabo Verde (421 casos e quatro mortes), São Tomé e Príncipe (458 casos e 12 mortos), Moçambique (244 casos e dois mortos) e Angola (77 infetados e quatro mortos).

O país lusófono mais afetado pela pandemia é o Brasil, com 27.878 mortos e mais de 465 mil contaminados, sendo o segundo do mundo em número de infeções, atrás dos Estados Unidos (1,7 milhões) e à frente da Rússia (cerca de 387 mil).

Publicidade