“A CPLP é uma prioridade total para o Brasil. É uma das coisas mais especiais que nós temos porque é um fórum que ninguém tem. É um fórum que reúne países de quatro continentes em torno de uma herança cultural comum, que é algo muito profundo para nós”, afirmou, em entrevista à Lusa, o ministro Ernesto Araújo.

O chefe da diplomacia do Brasil falava hoje, no Mindelo, ilha cabo-verdiana de São Vicente, onde participou na XXIV reunião ordinária do conselho de ministros da CPLP, tendo elogiado a “atmosfera de amizade” e de “fraternidade”, que “é muito especial”, dentro da organização.

Publicidade