De grande penalidade, aos 23 minutos, o internacional português Cristiano Ronaldo deu vantagem à formação de Maurizio Sarri e o argentino Paulo Dybala (36), ainda na primeira parte, fechou a contagem em Bolonha (2-0).

O resultado permite à ‘vecchia signora’, líder isolada, com 66 pontos, distanciar-se, provisoriamente, da Lazio, segunda classificada, com 62, e que tem menos um jogo.

O Bolonha não vence há três jogos, mas é 10.º colocado, com 34.

Antes, em Lecce, Rafael Leão saltou do banco de suplentes, aos 67 minutos, para fazer o quarto e último golo dos milaneses, na goleada (4-1) alcançada diante de um adversário que ocupa a 18.º e antepenúltima posição, com 25 pontos, e que teve em Mancosu (54) o autor do único do golo dos locais, de grande penalidade.

Os restantes tentos do AC Milan foram apontados por Samu Castillejo (26), Giacomo Bonaventura (55) e Ante Rebic (57), que ajudaram a equipa de Stefano Pioli a colar-se ao Nápoles, à condição, no sexto posto, o último que dá acesso às competições europeias.

No outro jogo do dia, a Fiorentina, 13.º, com 31 pontos, somou o terceiro empate consecutivo, desta vez, a um golo, na receção ao lanterna-vermelha Brescia, que tem 17.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here