As vítimas são pessoas que se encontravam abrigadas debaixo das varandas do prédio, na zona da Chapa de Bissau, num momento em que chovia, precisou a responsável.

Máquinas retroescavadoras foram levadas para o local para a remoção dos escombros.

Cinco pessoas foram retiradas dos escombros e transportadas para o hospital Simão Mendes, três das quais em estado grave, precisou a ministra que cita os bombeiros.

Ao local, acorreram populares e elementos das autoridades, nomeadamente a ministra da Administração Territorial, o secretário de Estado da Ordem Pública, Mário Saegh, o presidente interino da Câmara Municipal de Bissau, Rui Cardoso, e o comissario nacional da polícia guineense, general Armando Nhaga.

Odete Semedo indicou que o Governo vai instituir uma comissão de inquérito para apurar as responsabilidades e aumentar o nível de fiscalização nas construções feitas no país.

Publicidade