“Ocorreu um corte geral que interrompeu o fornecimento de energia no sistema norte interligado, que alimenta dez províncias do país”, afirmou a fonte oficial do ministério.

Este corte, cujas causas ainda “estão a ser apuradas” não tem ainda um tempo previsível de reparação.

As causas estão a ser apuradas “para normalização total do fornecimento de energia às províncias interligadas ao sistema norte”, adiantou o ministério.

“Aproveito para recordar que o sistema elétrico interligado, já inclui dez províncias, entre as quais Luanda, Bengo, Bié, Malanje, Cuanza Norte, Cuanza Sul, Benguela, Huambo, Uíge e Zaire”, disse a fonte do Ministério da Energia e Águas de Angola.

A mesma fonte acrescentou que, quanto a mais detalhes sobre o que terá acontecido, “serão levados ao conhecimento público” em momento oportuno.

Publicidade