O nome de André de Aragão Azevedo, ligado há sete anos à Microsoft Portugal, figura na lista de secretários de Estado para o XXII Governo Constitucional, entregue esta segunda-feira. O gestor da Microsoft Portugal vai ter a seu cargo a recém-criada pasta da Transição Digital, integrada no Ministério da Economia, liderado por Pedro Siza Vieira.

A pasta da transição digital foi criada para fazer frente àquilo a que muitos consideram um desafio das empresas, nomeadamente como é que a tecnologia pode ter um papel ativo na simplificação de processos.

Há um ano, no seu perfil do Linkedin, o diretor executivo da Microsoft desafiava Mário Centeno a tirar partido das potencialidades da cloud, nomeadamente na hora da entrega do Orçamento de Estado. Um ano depois, passará a ter entre as responsabilidades a passagem para um mundo mais digital.

André de Aragão Azevedo integrou a Microsoft em 2012,assumindo um cargo ligado à área da saúde e relações governamentais. Antes disso, desempenhou funções no Ministério da Saúde, entre 2008 e 2011. Entre 2005 e 2008, passou pelo Parlamento, como conselheiro legal, conforme é possível ler no perfil disponível no Linkedin.

O novo secretário de Estado da Transição Digital é licenciado em Economia, pela Universidade de Lisboa.

Publicidade