Com uma assistência de aproximadamente 450 pessoas, Carlos Burity, Patrícia Faria e Gersy Pegado, acompanhados pela Banda Maravilha, realizaram um espetáculo animado, nostálgico e com bastante interação entre os artistas e a plateia.

Carlos Burity, o homenageado da noite, subiu ao palco para interpretar, em dueto com Patricía Faria ou Gersy Pegado, sucessos como “Ojala Yeya”, “Dona Cachi”, “Nzumbi dia papa”, “Minga”, “Monami”, “Tia Joaquina”, “Paxi Yami”, “Canção Nostalgia”, entre outros temas.

Ao terminar o show com a música “Manazinha”, Carlos Burity, Patrícia Faria e Gersy Pegado “obrigaram” os presentes a ficar em pé para dançar, aplaudir, vibrar e cantar este tema.

Carlos Burity disse estar feliz com a homenagem e por ter partilhado o palco com duas grandes “senhoras” da música angolana, que o ajudaram a fazer vibrar os presentes e animar a noite.

Num momento de tristeza, Carlos Burity lamentou a morte do colega José Kafala, que faleceu sábado, em Luanda, por doença.

O projeto Duetos N’Avenida, concebido pela organização Zona Jovem Produções, tem o objetivo de valorizar a arte angolana, levando ao palco, da Casa 70, cantores e comediantes.

A configuração do show centra-se na apresentação de duplas de artistas consagrados, para um espetáculo.

Publicidade