O príncipe Harry e a mulher anunciaram hoje que vão “recuar” dos deveres enquanto membros seniores da família real do Reino Unido, para se tornarem “financeiramente independentes”, tendo o Palácio de Buckingham dito que essas questões são “complicadas”.

“Depois de muitos meses de reflexão e discussões internas, decidimos fazer uma transição este ano para começarmos a construir um novo papel progressivo nesta instituição. Queremos recuar enquanto membros seniores da família real [do Reino Unido] e trabalhar para nos tornarmos financeiramente independentes”, declararam os duques de Sussex, numa publicação feita através da conta do casal na rede social Instagram.

A publicação também refere que os duques de Sussex vão dividir o tempo entre o Reino Unido e os Estados Unidos da América, de onde é natural a mulher do príncipe Harry, Meghan Markle.

A duquesa de Sussex foi atriz antes de casar com o príncipe Harry, em 2018.

Harry, de 35 anos, é neto da atual regente britânica, Isabel II, e é o sexto na linha de sucessão ao trono.

A família real afirmou, entretanto, que as conversas com os duques de Sussex “estão numa fase inicial” e que, apesar dos restantes elementos entenderem “o desejo [do casal] em seguir outro caminho”, são questões “complicadas que levam tempo para serem resolvidas”, de acordo com o comunicado transmitido pelo Palácio de Buckingham, citado pela agência France-Presse.

Publicidade