A economia moçambicana cresceu 2,5% no primeiro trimestre, anunciou esta terça-feira o Instituto Nacional de Estatística (INE) do país.

“O Produto Interno Bruto a preços de mercado (PIBpm) apresentou uma variação positiva de 2,5% no primeiro trimestre de 2019 comparado com o mesmo período do ano anterior”, divulgou a instituição, na publicação Contas Nacionais de janeiro a março de 2019.

Ainda assim, o crescimento é mais baixo que o registado no mesmo período de 2018, nota o INE: na altura, a economia moçambicana cresceu 3,7%.

Este ano, “o desempenho da atividade económica no primeiro trimestre é atribuído em primeiro lugar ao setor terciário que cresceu 2,7%, com maior destaque para os ramos de aluguer de imóveis e serviços prestados às empresas com crescimento na ordem de 5,0%”.

A área de produção de eletricidade e gás e fornecimento de água foi aquela em que a contribuição para a economia nacional encolheu, com uma queda de 7,1%.

No período em análise, o ramo da agricultura, pesca, pecuária, caça, silvicultura e exploração florestal teve a maior participação na economia com um peso no PIB de 23,1%, seguido do ramo do comércio e serviços de reparação com 10,6%.

Em 2018, o PIB de Moçambique cresceu 3,3%.

O Fundo Monetário Internacional (FMI) prevê que o crescimento da economia moçambicana caia de uma previsão inicial para 2019 de 3,8% para 1,8%, devido aos ciclones que afetaram entre março e abril, antevendo uma subida para 6% em 2020.

Publicidade