Esse deputado vai substitutir o até agora presidente da Assembleia Legislativa (AL) Ho Iat Seng, que renunciou ao cargo e ao mandato no passado dia 05, para se candidatar a chefe do Governo, numa eleição já marcada para 25 de agosto.

O presidente da CAEAL, Tong Hio Fong, e os vogais Lai U Hou, José Tavares, Kou Peng Kuan, Iong Kong Leong e Victor Chan prestaram juramento perante o chefe do Executivo, Fernando Chui Sai On, na sede do Governo, de acordo com um comunicado do Gabinete de Comunicação Social de Macau.

Na quarta-feira, a CAEAL vai realizar uma reunião para debater “assuntos concretos, nomeadamente a cronologia da eleição”, afirmou, no final da cerimónia, Tong Hio Fong.

Em contrapartida, o mesmo responsável adiantou que o orçamento para a realização da eleição será um dos temas a debater pela CAEAL.

O presidente da CAEAL indicou ainda que, nesta eleição suplementar, cada pessoa coletiva com capacidade eleitoral ativa tem direito a um número máximo de 22 votos.

De acordo com os cadernos de recenseamento deste ano, há 774 eleitores coletivos efetivos, incluindo 107 do setor industrial, comercial e financeiro, 71 do setor de trabalho, 57 do setor profissional, 131 do setor dos serviços sociais, 127 do setor cultural, 23 do setor educacional e 258 do setor desportivo.

O Governo de Macau estabeleceu, em ordem executiva publicada no Boletim Oficial, que o limite de despesas de cada candidatura para esta eleição suplementar para a AL é de 3,5 milhões de patacas (cerca de 390 mil euros).

Órgão legislativo da Região Administrativa Especial de Macau, a AL é composta por 33 deputados, 14 dos quais são eleitos por sufrágio universal direto, 12 por sufrágio indirecto e sete são nomeados pelo chefe do Executivo. Cada legislatura tem a duração de quatro anos.

Ho Iat Seng estreou-se como deputado em 2009, eleito por sufrágio indireto. No mesmo ano foi esolhido para o cargo de vice-presidente da AL e, quatro anos depois, em 2013, para o de presidente daquele órgão.

A AL escolhe em sessão plenária na quarta-feira o seu novo presidente.

Publicidade